Biografia

2015Zoltán Barta, 50 anos de idade, escritor húngaro, autor de vários romances, novelas e contos.
Nasceu numa pequena cidade do norte da Hungria, é filho único. Cresceu numa zona rural, perto daquela cidade. O que foi, para ele, o centro do mundo. Foi e ainda o é.
Começou a escrever ainda na sua juventude mas as primeiras publicações seriam em 2004. No início eram histórias curtas.
Escreve sobre os acontecimentos inexplicáveis e incompreensíveis da vida, no género da ficção paranormal.
Zoltán vivencia experiências sobre a clarividência ou visão remota, que vem a descobrir ser um dom de nascimento, encontrando-se a desenvolver uma obra sobre o assunto. Além disso, escreve histórias e ficções sobre a sua terra natal, ao qual chamou “Montanha das Terras Superiores de Bükk”.
Atualmente, vive na cidade de Eger, onde trabalha como oficial do estado, e nas suas horas livres e inspiradoras é autor de romances, na língua húngara.

“A biografia de um homem criativo é completamente irrelevante. Um autor não deve ter outra biografia que a dos seus livros.”
B. Traven

Suas obras publicadas são:

Uma cidade ao alcance (Karnyújtásnyira um Város)
Na antologia “Dimensões – 57 histórias húngaros contemporâneos”
ISBN 978-615-5056-04-8
Editor: Aposztróf Kiadó, 2010, Budapeste

Devolva me a minha aura! (Add vissza az aurámat!)
Na antologia “Szó-kincs 2011” (Palavras como tesouros)
ISBN 978-615-5056-11-6
Editor: Aposztróf Kiadó, 2011, Budapeste

Livretos de Sáta (Sátai Füzetek)
e-book – (pdf, epub, prc, html)
ISBN 978-963-08-1660-1
Publicação própria, 2011

Magnitudo (Magnitúdó) e
Saltar na segunda-feira (Ugrás hétfőn)
Na antologia “Canção do Phoenix 2012” (A Főnix Dala antológia, 2012)
ISBN: desconhecido
Editor: Canção do Phoenix Sociedáde Literária

Visualizando remoto imagens mentais como alvos (Remote Viewing Mental Images as Targets)
Na periódico “Eight Martinis” (edição 9, p.39), maio de 2013
ISSN 2045-2462 (impresso), 2045-2470 (online)

(Contínua aparição de seus outros escritos no jornal “A Főnix Dala”.)

Alguns de seus outros escritos

O retorno (A visszatérő), 2004
Mundo tecido (Világszőttes), novela, 2006
Material roubado (Lopott holmi), novela, 2007
Dia da bruxaria (Gonoszjáró nap), novela, 2008
Toca o sino (Csengőszó), 2009
Habitat (Élőhely), 2010
Anomalia (Anomália), 2010
Um dia na guerra (Egy nap a háborúban), 2011
O recife lesma (A Meztelencsiga-zátony), 2011
Vítimas (Áldozatok), 2012
Caso resolvido felizmente (Szerencsésen megoldott bűnügy), 2012
Canhão no quintal (Ágyú az udvaron), 2012
Negurilassia (é um nome), 2013
Hip-hop (Hipp-hopp), 2013

No campo da consciência comum:
Experiências visão remota“, o título (trabalho) da escrita.

Contacte-me:
no e-mail,
ou no Facebook
perfil | página

Leia o meu RV-perfil (em Inglês) >>

 

Vélemény, hozzászólás?